Loading...

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Pilates São Caetano do Sul: Pilates e Emagrecimento




Pilates é famoso por criar corpos alongados, torneados e em forma. Mas o emagrecimento não decorre exclusivamente da prática de Pilates, é necessário uma combinação de fatores como a prática frequente e uma alimentação equilibrada.

Veja abaixo como a prática de Pilates ajuda na perda de peso:

1. Os exercícios queimam calorias. A quantidade de calorias queimadas depende do tipo de corpo e do nível de esforço;

2. Criando massa muscular magra, como o Pilates faz, é uma das melhores maneiras de aumentar o seu potencial de queima de calorias;

3. Pilates tonifica e modela o seu corpo;

4. Uma das melhores maneiras de parecer e sentir-se mais magro e ter uma bonita postura. O Pilates faz isso enfatizando a manutenção de um bom alinhamento corporal;

5. Pilates promove uma respiração profunda e eficiente, o que é essencial para a queima de calorias e a regeneração de tecidos;

6. Ao se engajar em um progrma de exercícios, como o Pilates, ocorre uma melhora da auto-estima e um aumento da consciência para o estilo de vida. Ambos são associados com a perda de peso.

O Pilates é um programa que pode ajudar a manter os níveis de energia para todo o dia. No entanto, ele não é usado normalmente como um exercício aeróbio. Assim, algumas pessoas gostam de combinar Pilates com outros tipos de exercícios aeróbios (corrida, bike, natação, etc) de maneira a maximizar sua perda de peso.
fonte:

Consulte um profissional qualificado e comece já a praticar esta atividade. Você só tem a ganhar.


Tel:4226-2193

domingo, 14 de fevereiro de 2010

RESPIRAÇÃO - Pilates São Caetano do Sul




Unido ao conceito anterior de relaxamento, temos o da respiração. A respiração é básica para a vida e não lhe damos importância suficiente. Sim sabemos que é preciso respreciso respirar melhor , o ar deve ser puro;fumar faz mal e devemos respirar fundo quando estamos alterados, mas ninguém nos ensinou como é a forma de respirar mais correta.

Respiramos desde o primeiro instante em que chegamos ao mundo e é o último suspiro quem nos despede. Os benefício de uma boa respiração são múltiplos:ao inspirar e expirar de forma completa, usando a major a maior parte dos pulmões, oxigenamos melhor o corpo todo, por meio do sangue, e, como isso, é maior a nutrição de cada uma das parte do organismo.

Ao expulsar o ar viciado do fundo dos pulmões, eliminamos toxinas e gases nocivos.
A respiração pulmonar é só a respiração externa do corpo. A interna realiza-se quando cada célula toma o oxigênios transportando pela corrente sanguínea e expele o dióxido de carbano, CO2, que é levado aos pulmões pelo sangue, para ser eliminado.

RELAXAMENTO E PILATES - PILATES SÃO CAETANO DO SUL



Devemos levar em conta a premissa a seguir em todos os momentos e sobretudo nos exercícios mais complicados e que exijam mais força ou resistência físicas - trata-se de tomar e manter uma atitude tranquila e relaxada do início até o fim. Por mais difícil que seja o exercício procurar não se sentir tenso ou rígido, evitando a postura de sempre se estressar em situações que exijam força e concentração.

Como se costuma dizer aos alunos deve-se sorrir, ou pelo não franzir o rosto por mais que nos custe realizar determinado exercício. O ato de relaxar o rosto e a mandíbula diminui muito o esforço e, também a fadiga mental e o estresse. Se apredemos a soori em situações difíceis ou externas como não vamos sorrir quando estamos tranquilos e sossegados?

Esse conceito pode parecer banal e simples, mas é de grande ajuda. Por isso sugerimos que apliquem este método aqui e em todas as tarefas e atos cotidianos que apareçam regulamente.

O espaço onde vamos trabalhar e o modo de trabalhar devem ser agradáveis para trazer tranquilidade e concentração. Se usarmos música, vamos procurar não deixar em volume alto. As condições do ambiente devem nos levar à calma e à serenidade propícias, para podemos aproveitar ao máximo o processo da sessão.

fonte: Pilates - Editora Marco Zero

www.ritmosdavida.com.br
tel: 4226-2193
cel: 8183-2342

O trabalho muscular profundo do Pilates - Pilates São Caetano do Sul




Os exercícios do método Pilates começam e partem,o tempo todo, desse centro, o Powerhouse, esse centro de força composto pelo conjunto de músculos abdominais, lombares, pélvicos, dos quadris, glúteos, etc.

Para desenvolver todos esses músculos de modo equilibrado, é necessário um trabalho de muita precisão.
Os músculos mais profundos e, por isso, mais difíceis, exigem mais concentração na hora de executar os exercícios. Conceitos como o de empurrar o umbigo na direção da cluna, ou o de fechar para tensionar a pelve são de vital importância na hora de realizar os exercícios com precisão, para se obter um resultado ótimo.

Estudos demonstraram que, para ter uma região lombar forte e protegida de possíveis lesões, é necessário desenvolver os músculos abdominais mais profundos, transverso e oblíquo interno, o músculo psoas e, depois, os abdominais mais externos. Entretanto, o mais costumeiro é desenvolver em excesso a musculatura superficial, como o reto do abdome, em detrimento da profunda, além de contrair o diagragma por tensão ou retenção, na hora de respirar, ao fazer o exercício, aplicando uma carga excessiva, prejudicial às costas.

Ao contrário do que deveria ser, esse centro, ou faixa anatômica, é a região mais graca e com mais problemas dentro do quadro de patologias da maior parte da sociedade atual.

Caixa de Força - Pilates São Caetano do Sul

O Centro de Força



Joseph H Pilates descobriu a importância de construir um sistema de força de onde flui o movimento até a periferia. Esse centro, ao qual deu o nome de Powerhouse (centro de força)é constituído pelos músculos que circundam o corpo justo abaixo da cintura, ao redor da pelve, na região lombar, os oblíquos glúteos, abdominais internos e externos e os que formam o assoalho pélvico.

Todos compõem a "faixa anatômica". Por estudos recentes, sabe-se que qualquer movimento corporal tem origem e repercute na região sacro-pélvica. Por esse movtivo, temos a tendência a sobrecarregá-la forçando em excesso a região lombar, além de adotar más posturas que aumentam a probabilidade de aparecer alguma lesão. A sua debilidade ou sobrecarga pode desencadear transtornos e dores nos sistemas muscular, circular e nervoso, como lombalgias, hérnias de disco, dores ciáticas, etc.

Portanto, é de vital importância termos consciência dissoe procurarmos manter esse centrofísico muito bem protegido, tonificando-o e adquirindo uma postura melhor. Tendo padecido de algum desses males ou não, vamos tornar esses sistema uma ginástica preventiva além de um método eficaz para conseguir um aspecto físico mais elegante e harmonioso.

Esse "centro de força" a que Pilates faz referência constante relaciona-se à busca pelo centro chamado "Tan Tien" ou "Hara" (centro de energia) nas artes marciais orientais, que, há muito tempo têm consciência da sua importância e elaboraram uma infinidade de exercícios e técnicas para seu desenvolvimento e fortalecimento.

Joseph H. Pilates trouxe essas disciplinas para perto do Ocidente, mas sem o fundo espiritual do Oriente e adaptada à mente prática ocidental.
Também podemos encontrar referências acerca do costume de proteger a região central do corpo, aqui na nossa cultura e em quase qualquer parte do mundo. De fato, é costume colocar uma faixa para segurar a cintura e proteger a região lombar, sobretudo para os trabalhos no campo e trabalhos duros.

Hoje em dia, também vemos isso em cinturões de couro largo, faixas de neoprene, etc., usados para realizar tarefas que causem sobrecarga excessiva para trabalhos duros e, em academias, para levantar pesos; inclusive os motoristas usam um tipo de carpete com barras para se proteger.
É cada vez mais comum médicos, fisioterapeutas, treinadores esporticos, etc, recomendarem que se fortaleça essa região.
Então com o método Pilates, vamos criar uma faixa anatômica, fortalecendo toda a musculatura do centro do corpo.

Os exercícios do métod Pilate começam e partem, o tempo todo, desse centro, o Powerhouse, esse centro de força composto pelo conjunto de músculos abdominais, lombares, pélvicos, dos quadris, glúteos, etc.

Informações retiradas do livro: Pilates - Guia passo a passo, totalmente ilustrado
Editora Marco Zero - J.H. Pilates

Venha nos conhecer e fazer uma aula experimental de Pilates
Estúdio completo
wwww.ritmosdavida.com.br
Tel:4226-2193
Cel:8183-2342

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Os seis 6 princípios do Pilates (Pilates São Caetano do Sul)



1- Concentração: os exercícios devem ser executados sempre com muita atenção. A sua atenção deverá estar voltada para quais músculos estão realizando o movimento. Se sua mente e seu corpo estiverem trabalhando juntos, os movimentos irão ter uma maior eficiência. Deve-se exercer a propriocepção consciente, tanto no movimento simples quanto no complexo.

2- Controle:Os movimentos devem ser controlados conscientemente, para que assim não haja lesões. O indivíduo deverá controlar seus movimentos de modo que não exagere na amplitude ou na força aplicada, evitando assim que se machuque durante a aula. Tal controle irá produzir um movimento equilibrado e coordenado, com maior qualidade.

3.Centro de Força - Power House Pode-se dizer que o “Centro” é a alma do método. Segundo Joseph, o corpo humano tem um centro de força de onde se originam os movimentos. Denominando-o “Power House” constituído pelo abdômen, parte inferior das costas(lombar), glúteos e musculatura do assoalho pélvico. O método concentra-se em fortalecer o centro de força, e dessa forma ajudar na sustentação da coluna e da postura, mantenha o dorso estabilizado durante a execução de qualquer exercício. É possível assim manter o alongamento axial do corpo o tempo todo. Esse trabalho resulta em uma cintura mais delgada e um abdômen mais definido.

4-Movimento Fluído, Joseph Hubertus Pilates gostava de resumir seu método como "um movimento fluído a partir do centro de força para fora. Qualquer movimento tem que ser realizado da forma mais harmônica possível. Os movimentos devem ser contínuos e ritmados. O praticante deverá estar sempre em uma posição de alinhamento corporal, estando atento para possíveis compensações, que poderão levar a exercícios inadequados, sendo possíveis causadores de lesões”. Assim, não se deve apressar nenhuma etapa dos movimentos, estes devem ser suaves e uniformes, contínuos e ritmados. A mesma velocidade que inicia é a que termina o movimento, com ausência de movimentos bruscos. Cuidados com as compensações devem existir todo o tempo, pois estas geram tensões e consequentemente há perda na qualidade do movimento.


5. Precisão: Caminha junto com o controle. Depois que se familiariza com as etapas de cada exercício, deve-se assumir o controle do corpo e procurar executar movimentos precisos toda vez que se exercita. Para isso deve feitos movimentos lentos, dentro da amplitude possível.

6-Respiração: Pilates enfatiza a importância de manter a circulação do sangue bem oxigenada. Como regra geral deve-se inspirar quando se prepara para fazer um movimento e expirar quando realiza-o.
Deve-se inspirar quando se prepara fazer um moviemtno e se expirar quando o movimento está sendo executado. O movimento durante a expiração ajuda a envolver os músculos centrais ao longo do exercício e impede o aparecimento de tensão indesejada.


www.ritmosdavida.com.br

Agende uma aula experimental:4226-2193