Loading...

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Umbigo, Caixa de Força e Pilates

SUA CAIXA DE FORÇA
Todos os exercícios do Pilates começam pelos músculos do abdome, lombar, quadris e glúteos. A faixa muscular que circunda o corpo abaixo da linha da cintura é denominada "caixa de força". Se você pensar em como senta e anda, provavelmente perceberá que concentra a maior parte do peso nessa região. Isso não apenas causa stresse indevido na musculatura lombar inferior, resultando em dor e postura incorreta, como também ajuda a criar os "pneus" que todos tentamos combater tão arduamente.


Geralmente, aprendemos a exercitar os músculos abdominais empurrando-os para fora, formando uma pequena saliência. Essa técnica molda músculos salientes, tendendo a distanciá-los da coluna. Em consequência, a lombar inclina-se levemente para a frente, o que dificulta seu controle, ou aumenta o volume e retração da massa muscular em torno da cintura, com a qual se sustenta a lombar tornando possível delinear adequadamente a linha da cintura. No Pilates, aprendemos a puxar o umbigo em direção a coluna, usando assim os músculos abdominais para reforçar os paravertebrais (músculos que correm ao longo da coluna). Essa ação não apenas fortalece e alonga consideravelmente os músculos da lombar, como também permite obter uma parede abdominal plana. Pressionar o umbigo para a coluna é frequentemente confundido com sugar o estômago, mas esse não é o caso. Ao sugar o estômago, você automaticamente prende a respiração - a antítese do efeito desejado. Em vez disso, pense em um peso pressionado seu abdómen contra a coluna, ou em uma âncora puxando o umbigo contra a coluna. Aprenda a manter essas sensações enquanto respira normalmente, o que significa inspirar e expelir o ar dos pulmões, e não a partir da barriga, como apregoam outras técnicas.

Fichamentos dos estudos e cursos realizados pela professora Andréa Elaine Sechini
Fonte Corpo Pilates de Brooke Siler

Nenhum comentário:

Postar um comentário