Loading...

sábado, 21 de julho de 2012

Fascite Plantar


Fascite plantar: uma das lesões características de corredores em todo o mundo é a fascite plantar, chamada comumente de dor no calcanhar. A inflamação ocorre onde a fáscia plantar, um feixe de tecido conectivo na sola do pé, liga-se ao osso do calcanhar, causando dor e mudança nos hábitos de treinamento. Estresses repetidos sobre o pé durante a passada resultam em tensão na fáscia plantar. Essa tensão é exagerada durante a corrida rápida e a corrida em ladeiras; ambas fazem com que a fáscia se alongue. Correr na areia macia da praia pode inflamar rapidamente a fáscia.
Sinais e Sintomas: O sintoma universal de fascite plantar é uma dor aguda sentida no calcanhar e no arco do pé durante os primeiros passos pela manhã. A fáscia plantar se contrai durante o descanso noturno e os primeiros passos dão início ao processo doloroso de alongamento. Sentar-se por longos períodos durante o dia pode resultar na mesma dor no arco. A dor na fascite plantar pode diminuir durante o aquecimento para uma sessão de treino e pode permanecer em nível reduzido por toda a sessão. Quando você começar a desaquecer, a dor pode aumentar e ficar bem intensa nas horas seguintes.
Tratamento: O primeiro nível de tratamento é conservador. Ele consiste de repouso relativo, aplicação de gelo, alongamento, almofadinhas no calcanhar, órteses vendidas sem prescrição médica, massagem e medicamentos anti-inflamatórios não esteroidasis. A massagem pode ajudar a alongar a fáscia. Um modo comum de massagear a sola do pé é rolar uma lata, um bastão redondo ou uma bola. O tratamento precoce deve resolver a inflamação da grande maioria dos corredores.
Do livro Treine Menos e Corra Mais de Bill Pierce, Scott Murr e Ray Moss

Nenhum comentário:

Postar um comentário