Loading...

segunda-feira, 21 de julho de 2014

SOBRECARGA




Sobrecarga é aumento de função de qualquer órgão ou sistema do corpo. As sobrecargas quebram a homeostase, que é a situação de equilíbrio entre as diversas funções orgânicas. Sobrecargas ocorrem na atividade física, nas doenças, nas variações de temperatura do ambiente e nas variações do processo alimentar.
As sobrecargas da atividade física sobre o sistema musculoesquelético são:
  • Compressão.
  • Tração.
  • Torção.
  • Impacto.
  • Repetições.
No sistema cardiovascular ocorrem os aumentos da frequência cardíaca e da pressão arterial. As sobrecargas são necessárias nos exercícios porque induzem no organismo as adaptações pretendidas. as modificações de forma e função das estruturas orgânicas induzidas pelos exercícios são adaptações às sobrecargas. Por outro lado, as sobrecargas precisam ser adequadas às condições de saúde e de aptidão de cada um porque quando excessivas podem causar lesões ou disfunções, às vezes graves.

Fonte: Musculação em todas as idades de Jose Maria Santarem - Editora Manole.

CONCEITOS: ATIVIDADE FÍSICA





"A melhor definição para atividade física é contração muscular. Durante a contração dos músculos esqueléticos ocorre consumo de energia e estímulos de diversas funções orgânicas. A contração muscular geralmente leva ao movimento do corpo, mas nem sempre. Quando músculos que realizam movimentos opostos nas articulações são ativados simultaneamente, não ocorre movimento. Essa situação é bastante comum nas atividades da vida diária, no trabalho físico e nos esportes.  A contração muscular produz seus efeitos no organismo independentemente de sua finalidade."

Fonte: Musculação em todas as idades de Jose Maria Santarem - Editora Manole.

OS BENEFÍCIOS DO TREINAMENTO RESISTIDO





“Na realidade, a musculação pode ser utilizada por pessoas muito debilitadas porque pode ser mais suave do que caminhar. Muitas pessoas não conseguem caminhar, pois não suportam o peso do corpo: podem apresentar dores nas articulações, falta de ar, dor torácica e palpitações desconfortáveis. No entanto, essas pessoas geralmente conseguem praticar musculação confortavelmente.
Ocorre que a musculação é um exercício controlado em todos os seus aspectos, podendo atender as necessidades dos atletas, mas também as das pessoas mais debilitadas. Apenas para exemplificar, os pesos utilizados nos aparelhos podem ser muito mais leves do que o peso do corpo. Aspecto que também atrapalha o entendimento correto é que não existem dois nomes para designar a musculação quando suave ou intensa, ao contrário da atividade de deslocar o corpo com as pernas, que quando suave é denominada "caminhar" e quando intensa, "correr". “


Fonte: Musculação em todas as idades de Jose Maria Santarem - Editora Manole.

domingo, 13 de julho de 2014

RESPIRAÇÃO



"Oxigênio é vital para o correto trabalho dos músculos; focar na respiração garante que eles fiquem totalmente oxigenados durante o movimento. Nós respiramos pelo nariz e expirar pela boca, relaxando a mandíbula e face.
Pilates usa respiração lateral, que é a área de largura em volta dos lados do corpo para que a caixa torácica se expanda para os lados por meio dos quais  você respira, mais do que com o abdômen subindo para a frente.
Então, sua conexão com o seu centro abdominal pode, ficar forte quando você respira e se move. Sincronizando a respiração para o movimento é fundamental no Pilates. Nós exalamos sobre o esforço em Pilates para agenciar os músculos do centro de força efetivamente."



Fonte: Get Sarted: Pilates de Anya Hayes

Tradução: Andréa Sechini

Como trabalhar o conceito de precisão no Pilates



Execução consciente e precisa do movimento e perfeito alinhamento é a chave para o Pilates efetivo.
Movimento com precisão trabalha os músculos corretamente sem estresse ou tensão. Alinhar corretamente seu corpo equilibra seus músculos. Praticar dando a todos os aspectos do seu exercício igual atenção, para tornar cada movimento mais preciso e ganhar mais de seu treino. Precisão também se aplica ao número de repetições, seu timing e ritmo. Trazendo equilíbrio e determinação para todo aspecto de cada movimento. Memorize as ações e padrões respiratórios antecipadamente do que trabalhar a precisão. Pratique para ganhar controle e habilidade.



Fonte: Get Sarted: Pilates de Anya Hayes