Loading...

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Pressão Arterial e Exercício Físico


Por Andréa Sechini

Estudos diversos indicam que o treinamento físico regular provoca, em média, redução para 11 e 8 mmHg na pressão arterial sistólica e diastólica, respectivamente, em 75% dos indivíduos com hipertensão, além de reduzir a resposta da pressão arterial em treinamentos com cargas submáximas de esforço (Ferreira et al, 2009).

Estudos epidemiológicos e clínicos têm demonstrado efeitos benéficos da prática de atividade física sobre a pressão arterial em indivíduos de todas as idades. Alto nível de atividade física diária está associado a menores níveis de pressão arterial em repouso, mesmo em indivíduos com risco aumentado de desenvolvê-la.

Programas de atividade física têm demonstrado diminuir a pressão arterial sistólica e diastólica, tanto de indivíduos hipertensos como de normotensos. Esses benefícios da atividade física sobre a pressão arterial fazem dela uma importante ferramenta na prevenção e tratamento da hipertensão (Ciolac& Guimarães, 2004).



Fonte:
Ciolac, E.C.; Guimarães, G.V. Exercício Físico e Síndrome Metabólica. Revista Brasileira de  Medicina no Esporte - Vol. 10, Nº 4 – Jul/Ago, 2004.


FERREIRA, F.G.; BRESSAN, J.; MARINS, J.C.B. Efeitos metabólicos e hormonais do exercício físico e sua ação sobre a síndrome metabólica. Revista Digital - Buenos Aires - Ano 13 - Nº 129 - Fevereiro de 2009.




Nenhum comentário:

Postar um comentário