Loading...

sábado, 4 de março de 2017

Movimento Voluntário

"Entre o pensar e o agir, desencadeiam-se sinapses finas e complexas em detrimento de várias funções, inclusive a de proteger o corpo dos desequilíbrios provocados pelo próprio movimento. Na ótica da estabilidade corporal, a execução de qualquer movimento a põe em risco.
Assim, o gesto voluntário demanda uma intrínseca relação com as contrações musculares automáticas e reflexas, que possuem a tarefa de preservar o equilíbrio do corpo"

Fonte: Cérebro Ativo de Ivaldo Bertazzo


Nenhum comentário:

Postar um comentário